Coligação Democrática Unitária (PCP-PEV)

(Programa do PCP aqui
Manifesto do PEV aqui)

Propostas eleitorais:

  • Rejeitar o TTIP
  • Adotar “Uma política de desarmamento (…)[,] a proibição e destruição das armas nucleares e de destruição massiva e a redução gradual e negociada dos armamentos convencionais e das despesas militares.” (pág 82 – PCP)
  • dissolução da NATO como objectivo crucial para a afirmação da soberania nacional e para a paz mundial, com o qual o processo de desvinculação do País das suas estruturas deve estar articulado, no quadro do inalienável direito de Portugal decidir da sua saída
  • “Pugnar pelo fim do mercado de emissões substituindo-o por um sistema internacional de limitação de emissões, definido e acompanhado no âmbito da ONU.” (pág 82 – PCP)
  • Dar incentivos ao sector de transportes colectivos e públicos; incentivar o transporte de mercadorias por ferrovia; nacionalizar e travar as privatizações e PPPs no sector dos transportes (TAP, ANA, CP).
  • Recusar a produção de energia nuclear em Portugal e sua importação. (PEV)
Comentários:
Ignoram a questão dos projectos de extração de petróleo na costa portuguesa, bem como a dos projectos de fratura hidráulica e dos subsídios estatais à indústria petrolífera. Nada têm a dizer sobre petróleo ou gás.
Não apresentam orçamento energético, proposta concreta para transição para renováveis, nem metas de redução de emissões.
O manifesto do PEV em particular é bastante decepcionante, nomeadamente pela lacuna sobre cortes ao investimento na extração fóssil e oposição à fratura hidráulica

Para aceder ao resumo dos outros partidos, clica nos links abaixo:

PSD-CDS

PS

BE

L/TdA

Voltar à página inicial

Advertisements