Partido Socialista

(Programa completo aqui)PS

Propostas eleitorais:

  • cortar dependência de combustíveis fósseis até 2050, metade através do mercado de emissões europeu, a outra metade com investimento em renováveis (eólico, solar, barragens, biomassa) para uso interno e exportação para a Europa
  • criar clusters de I&D energético para novas empresas: um cluster solar, outro petrolífero e mineral
  • avançar com a expansão do Porto de Sines (porta de entrada de Gás Natural na Europa)
  • reforçar eficiência energética em edifícios públicos
  • encorajar veículos elétricos, bicicleta e partilha de automóvel
  • mapear riscos de alterações climáticas nas costas e melhorar sistemas de alterta
  • sim ao TTIP

Comentários:

É explicitamente assumido um cenário em que o impacto das alterações climáticas em Portugal é inevitável, “por mais que façamos para travar o efeito de estufa”. Face a isto, as medidas de adaptação apresentadas são pouco ambiciosas e concretas.

Não são apresentadas metas concretas de redução das emissões.

A redução de emissões proposta através do mercado de carbono europeu não implica uma redução efetiva de emissões.

Existe uma contradição essencial entre o investimento em petróleo e gás natural e uma proposta de redução de emissões.

Não são mencionados ou avaliados os impactos ambientais da finalização do TTIP.


 

Para aceder ao resumo dos outros partidos, clica no link abaixo:

PSD-CDS

CDU

BE

L/TdA

Voltar à página inicial

Advertisements

One thought on “Partido Socialista

  1. Pingback: Portugal à Frente (PSD-CDS) | Climáximo

Comments are closed.