Climáximo em Paris, COP-21 #9: Empunhando flores vermelhas

O que quer que aconteça amanhã, fazeremos parte de qualquer coisa enorme…

Recebemos hoje as instruções finais sobre a mobilização. Foi revelado o local e o plano detalhado de ação. As massas de ativistas, empunhando flores e guarda-chuvas vermelhos, serão guiados por solenes cornetas a desenhar com os seus corpos indóceis nas vértebras da cidade uma longa linha vermelha, do Arco do Triunfo e o monumento ao soldado desconhecido ao distrito financeiro de Paris, apontando as vítimas e os culpados da crise climática: os muitos anónimos que pereceram e perecerão sob o imperialismo belicista e o jugo das grandes multinacionais.

Foi incrível o entusiasmo e a efervescência partilhados enquanto, sentados no chão lado a lado, inspirávamos as palavras e as instruções da organização. Salvas de palmas e mãos agitadas no ar, flores recolhidas, mapas desdobrados e assinalados, combinações entre grupos de afinidade, informação legal a postos.

Tudo está pronto. Aguardamos o sinal.

A M, 11 de dezembro

 Red-Tulips

Advertisements