Concentração – Fechar Almaraz

O ministro não vai a Espanha? Então vamos nós ao Consulado de Espanha protestar.

15894749_1795585460701975_8805263575987968094_n

“Ambientalistas portugueses e espanhóis reunidos esta quarta-feira em Lisboa decidiram realizar a 12 de Janeiro um protesto em frente ao consulado de Espanha na capital portuguesa, pelo encerramento da central nuclear de Almaraz.

O protesto visa “mostrar que os grupos ecologistas estão interessados em forçar o diálogo com o Governo espanhol e a obrigar o Governo espanhol a decidir o encerramento da central de Almaraz”, disse à agência Lusa o ambientalista português António Eloy, do Movimento Ibérico Anti-Nuclear.

A 12 de Janeiro, deveria realizar-se entre o ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, e a sua homóloga espanhola uma reunião para discutir o futuro da central de Almaraz, mas o responsável pela pasta do ambiente português admitiu não participar no encontro caso se concretize a decisão espanhola de construir um armazém para resíduos nucleares.” (Público)

Duas datas-chave:

  • Concentração 12 de janeiro às 18 horas junto ao consulado de Espanha em Lisboa.
  • Conferência internacional 4 de fevereiro na Fábrica de Braço de Prata, em Lisboa.

“A convocatória dos ambientalistas vem no seguimento da decisão do Governo espanhol de dar luz verde à construção de de um armazém de resíduos nucleares na central de Almaraz.

As ações de protesto visam protestar contra esta decisão e sobretudo defender o encerramento da central nuclear de Almaraz, que dista 100 km de Portugal e impedir que a Central de Almaraz prolongue a sua atividade.

No encontro desta quarta-feira os ambientalistas criticaram também o ministro do Ambiente de Portugal, Matos Fernandes. “O ministro não pode continuar a ser despiciente e armar-se em herói quando foi absolutamente conivente com esta situação a que chegámos”, apontou António Eloy do Movimento Ibérico Anti-Nuclear.” (Esquerda.net)

fechar-almaraz-consulado

Advertisements