Formação em Ativismo Climático

Começou o ano letivo e andas em busca duma organização horizontal que luta por um planeta melhor?

Chegaste a Lisboa e queres fazer ativismo climático?

O Climáximo é um coletivo anti-capitalista que se reúne semanalmente para organizar ações a vários níveis da luta pela justiça climática, tais como: luta contra a exploração de petróleo e gás,  ações pelos transportes públicos, a campanha Empregos para o Clima e muito mais.

Depois da Marcha Mundial do Clima, que uniu centenas de pessoas em três cidades de Portugal, vamos ré-começar as nossas atividades em Lisboa com esta Formação em Ativismo Climático.


Inscrição

formacao_5out2018

Descrição da formação

Dia 7 de outubro (domingo)

10h – 18h

Mob (Rua dos Anjos 12F, Intendente, Lisboa)

Não há controvérsia absolutamente nenhuma em relação ao que sabemos: as alterações climáticas globais existem, estão a conduzir-nos a um futuro catastrófico com transformações tão abruptas que ainda nem conseguimos encontrar um modelo que as descreva adequadamente, mas que teremos de travar quanto antes para evitar o fim do mundo tal como o conhecemos

Entendamo-nos: a limitação total do aquecimento resultante de indução humana para menos do que os 2ºC dos níveis pré-industriais implica a redução de 40% a 70% das emissões de gases de efeito de estufa até 2050 e para zero até 2100.

Isto não é uma piada.

A resolução da crise climática é uma corrida contra-relógio. Nesta luta contra o caos climático, há uma coisa chamada ‘demasiado tarde’.

Nós temos de agir e temos de agir agora.

Por “nós”, não entendemos, claro, o 1% que controla mais riqueza do que os “restantes” 99%. Entendemos “nós”, os que têm sofrido e sofrerão ainda com as secas, com o aumentar do nível do mar, com a fome, os furacões, os fogos florestais e todos os conflitos sociais resultantes disto tudo.

Esta formação incluirá todos os aspetos principais desta área, como ciência e a história das políticas climáticas, mas também haverá espaço para discussão sobre o que podemos fazer nesta luta.

Advertisements

Artes e Cultura pelo Clima

Mira Forum, Rua de Miraflor 155, Campanhã, Porto

4 de setembro, 19h00

No âmbito da campanha Empregos para o Clima, dezenas de organizações juntam-se agora para organizar esta Marcha, integrada no dia de ação global “Rise for Climate” (www.riseforclimate.org). Assim, unimo-nos a organizações de todo o planeta, para exigir um mundo livre de combustíveis fósseis em que as pessoas e a justiça social estejam acima dos lucros. Convocatória e a lista das organizações subscritoras em http://www.salvaroclima.pt . O Mira Forum solidarizou-se com este apelo.

O lema é: Parar o petróleo! Por clima, justiça e emprego!

São importantes todas as expressões artísticas na comunicação e na mobilização dos vários domínios do saber, na relação que estabelecemos com o mundo através da experiência dos sentidos e ainda na construção de uma dimensão do real através de um constante processo de criação no caminho do exercício da cidadania. Vimos convidar-vos a a participar nesta Marcha na cidade do Porto, utilizando – caso o desejem – momentos das formas de expressão artística e/ou cultural que habitualmente praticam.

[usamos o cartaz de Teleise Neemia Lesa, Rise for Climate]

Jantar e conversa: Block Around the Clock contra fracking

Climáximo esteve no protesto contra o fracking em Lancashire organizado por Reclaim the Power.

Queremos partilhar com tod@s @s ativistas esta experiência e os planos de ação para os próximos meses e anos. Vamos também discutir um pouco sobre como #pararofuro e os próximos eventos para Setembro.

NB: também é o jantar de despedida da Mathilde. 🙂

8 de agosto, quarta-feira, 18h00

GAIA-Lisboa: Rua da Regueira 40, Alfama

block around.jpg

***

O que é o Jantar Popular?

– Um Jantar comunitário vegano, biológico e LIVRE DE OGMs que se realiza no GAIA, Rua da Regueira, n 40, em Alfama.
– Uma iniciativa inteiramente auto-gerida por voluntários.
– Um jantar em que podes colaborar e aprender a cozinhar vegano! Para cozinhar e montar a sala basta aparecer a partir das 18h. Jantar “servido” a partir das 20h.
– Um projecto autónomo e auto-sustentável. As receitas do Jantar Popular representam o fundo de maneio do GAIA que mantém assim a sua autonomia.
– Um jantar onde ninguém fica sem comer por não ter moedas e onde quem ajuda não paga. O preço nunca é mais de 3 pirolitos.
– Um exemplo de consumo responsável, com ingredientes que respeitam o ambiente, a economia local e os animais.
– Uma oportunidade para criar redes, trocar conhecimentos e pensar criticamente.

Santos Populares no Norte

Durante o mês de junho o Climáximo distribuiu panfletos sobre a prospeção de de combustíveis fosséis em algumas praias de Vila Nova de Gaia em ruas do centro do Porto.

This slideshow requires JavaScript.

O Panfleto tinha quadras alusivas aos Santos Populares que se festejam em Junho e tinha como principal objetivo contactar diretamente com a população e auferir do seu conhecimento sobre a relação; alterações climáticas e exploração de hidrocarbonetos.

panfleto_norte_Aljezur1panfleto_norte_Aljezur2

Klimacamp Viena: Movimento europeu pela justiça climática

Climáximo esteve no acampamento pelo clima (Klimacamp) em Viena. Participámos nas oficinas, ações e também na reunião da rede Climate Justice Action.

Climaximo in Klimacamp, Viena from Climaximo on Vimeo.

Klimacamp 2018//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

Climate Games 2018//embedr.flickr.com/assets/client-code.js


Queremos partilhar com tod@s @s ativistas os planos de ação para os próximos meses e anos. (Vamos também discutir um pouco sobre como #pararofuro. 😉 )

15 de junho, sexta-feira, às 20h00

GAIA-Lisboa: Rua da Regueira 40, Alfama, Lisboa

NB: Isto também é o jantar de despedida da Olha, a melhor ativista ucraniana em Lisboa. 🙂

13 picknick

***

O que é o Jantar Popular?
– Um Jantar comunitário vegano, biológico e LIVRE DE OGMs que se realiza no GAIA, Rua da Regueira, n 40, em Alfama.
– Uma iniciativa inteiramente auto-gerida por voluntários.
– Um jantar em que podes colaborar e aprender a cozinhar vegano! Para cozinhar e montar a sala basta aparecer a partir das 18h. Jantar “servido” a partir das 20h.
– Um projecto autónomo e auto-sustentável. As receitas do Jantar Popular representam o fundo de maneio do GAIA que mantém assim a sua autonomia.
– Um jantar onde ninguém fica sem comer por não ter moedas e onde quem ajuda não paga. O preço nunca é mais de 3 pirolitos.
– Um exemplo de consumo responsável, com ingredientes que respeitam o ambiente, a economia local e os animais.
– Uma oportunidade para criar redes, trocar conhecimentos e pensar criticamente.

Política Ambiental – Do ativismo ao progresso nacional

neri01

Pela convite no Núcleo de Estudantes de Relações Internacionais, estivemos no ISCSP para discutir ativismo e políticas ambientais em Portugal e no mundo. Contámos um pouco a história da luta da exploração de petróleo em Portugal, o que o governo pretende fazer, e que nós devemos fazer ( http://www.pararofuro.pt 😉 ).

Agradecemos o convite e vamos então enterrar de vez todos os furos de petróleo. 🙂

neri02

Formação em Ativismo Climático – Porto

Formação em Ativismo Climático e Lançamento do Núcleo do Climáximo no Porto

Os governos de todo o mundo assinaram muitos papéis a dizer que vão resolver a crise climática. Esses mesmos governos continuam a autorizar novas infraestruturas de combustíveis fósseis. Assim sendo, ninguém vai resolver este assunto por nós. Somos nós aqueles de quem estávamos à espera. 🙂

Climáximo e Coletivo Clima estão a juntar forças para construir um movimento nacional pela justiça climática.

No dia 28 de abril, vamos fazer uma formação em ativismo climático no Porto e lançar uma série de ações.

28 de abril, Sábado
10h – 18h
Sindicato dos Professores do Norte (Rua Dom Manuel II, 51-C 3° , 4050-345 Porto)

Programa

10h00 Ciência Climática

  • Ciência climática (pdf)
  • Justiça Climática (pdf)

11h00 Panorama Político do Clima

Almoço

14h00 Luta contra os Combustíveis Fósseis em Portugal

15h00 A campanha Empregos para o Clima

16h00 Próximos passos na luta

INSCRIÇÕES FECHADAS. MANDA-NOS UM EMAIL PARA RECEBER INFORMAÇÃO SOBRE AS PRÓXIMAS AÇÕES.

 

formaçãoporto.001

 

Convívio: a importância da Justiça Climática (FLUL)

Esta terça-feira, dia 10 de Abril de 2018, o Núcleo do Ambiente da FLUL vai dinamizar um convívio com o Climáximo e a Linha Vermelha para conversarmos sobre as alterações climáticas e a importância da justiça climática.

Estarão presentes dois convidados especiais para esta enriquecedora partilha de conhecimento e experiência: Sinan Eden, activista do Climáximo e João Costa, dinamizador da Campanha Linha Vermelha.

Este convívio de aprendizagem informal terá lugar no espaço junto à antiga livraria da FLUL, no corredor do Letras Bar/Cola (local sujeito a confirmação segunda-feira) entre as 16h30 e as 19h.

Durante esta sessão, serão abordados, entre outros, os seguintes tópicos:

  •  Ciência climática simplificada: qual o estado do planeta Terra? Porque se diz que estamos numa “crise ambiental”?
  • O Acordo de Paris (COP 21, 2015 : Compromisso internacional discutido entre 195 países com o objetivo de minimizar as consequências do aquecimento global): do papel à efetivação – O que está a falhar?
  • Capitalismo e monopólio industrial: um atentado à justiça social e ambiental
  • O que é a justiça climática?
  • Soluções e alternativas: lutar por um futuro verde, limpo e justo
  • Activismo climático: Movimentos de protesto em Portugal e no Mundo; como participar ativamente?

Tudo isto, enquanto TRICOTAMOS uma LINHA VERMELHA gigante para marcar o limite dos 2ºC de aquecimento global que não podemos ultrapassar. Não sabes tricotar? Mais uma coisa para aprendermos juntos! Podes sempre participar no convívio, quer queiras/saibas ou não tricotar!

Junta-te a nós! Contamos contigo 😊

30265158_1921342361511024_1807817108583612416_n

Climáximo ao Porto! :)

És do Norte de Portugal e andas à procura de uma organização horizontal que faça ativismo climático?

Já tens (pelo menos uma) solução.

O Climáximo está a planear dinamizar um grupo no Porto! 🙂

Se queres fazer parte deste processo,
– envia-nos um e-mail com o teu contato, e
– inscreve-te no autocarro para a manifestação “Enterrar de vez o furo
para conversarmos sobre as nossas ideias.

Até já!

*

O Climáximo é um coletivo que se reúne semanalmente para organizar ações a vários níveis na luta pela justiça climática, tais como: luta contra a exploração de petróleo e gás, campanhas pelos transportes públicos e a campanha Empregos para o Clima.