Tempo de Vida: 6 Graus, na Casa da Achada

logo6graus

A Casa da Achada convidou-nos a trazer o jogo didático Tempo de Vida: 6 Graus sobre as alterações climáticas. As alterações climáticas não são um problema do futuro, são uma catástrofe a acontecer agora. De facto, é provável que as crianças e jovens de hoje venham a ser afetados por todos os seus efeitos conhecidos.

O Climáximo apresenta este jogo, baseado no livro Six Degrees, de Mark Lynas, para compreender os efeitos do aquecimento global, usando um mapa interativo. O jogo é apropriado para idades entre os 8 e os 14 anos, mas toda a gente é bem-vinda.

Número máximo de participantes: 30.
Para todos a partir dos 8 anos.

dia 29 de maio, Domingo, 15h30
Casa da Achada – Centro Mário Dionísio
Rua da Achada, 11, R/C, 1100-004 Lisbon, Portugal

O evento no Facebook, aqui.

Advertisements

6 Graus no X Encontro de Educação para a Cidanania Global

No dia 4 de julho, participamos no X Encontro de Educação para a Cidadania Global onde dinamizamos uma das sessões paralelas de “Agendas internacionais: refletindo e descobrindo em conjunto sobre o seu impacto na vida e na escola” com o nosso jogo Tempo de Vida: 6 Graus.

Jogamos, conversamos e refletimos com cerca de 20 educadores sobre alterações climáticas, o que está acontecer e o que podemos fazer.

20150704_153725

20150704_153753

20150704_153916

 20150704_155013

20150704_155435

20150704_155458

24 de Maio: Formação de Facilitadores – Tempo de Vida: 6 Graus

 

Dia 24 de maio foi dia de Formação de Facilitadores do nosso jogo Tempo de Vida: 6 Graus.

IMG_0233

Começámos a trabalhar ao meio-dia.

IMG_0236

Tivemos animais, cidades, água, tempestades…

IMG_0237… e muito mais.

IMG_0238

Cortámos, colámos, e fizemos uma pausa.

IMG_0242Começámos com o mapa …

IMG_0243e chegámos ao mundo,

IMG_0246à nossa Terra.

IMG_0249 E logo começámos a jogar.

IMG_0247Agora a Terra estava viva,

IMG_0253mas com alterações climáticas.

IMG_0254Observámos os impactos.

IMG_0255

Inundações, secas, epidemias e tudo. Decidimos que temos de agir agora 🙂