In coastal Portugal, 25% of all mayor candidates pledged to fight against oil and gas projects

PRESS RELEASE
24 September 2017

The campaign “Autarquias Livres de Petróleo e Gás” (Fossil-Free Municipalities) presented the campaign results last Saturday. A total of 81 candidates for the town hall pledged to “do all they can to make their municipalities free from oil and gas extraction.”

Eighteen organizations and collectives joined forces to push forward the fossil-free agenda in the upcoming local elections. In the last months, the campaign contacted 261 candidates from 58 municipalities affected by oil and gas concessions. The fact that the contact information for the candidates is not easily accessible caused some technical difficulties during the process. However, the campaign was successful in contacting more that 80% of the candidates.

One week ahead of the election (October 1st), the campaign announced 81 pledges in 44 municipalities by 10 political parties. These pledges represent 25% of all the candidates and 28% of the contacts the campaign made. Particularly worrisome are the absence of pledges in some of the municipalities (namely, Alvaiázere, Ansião, Batalha, Cantanhede, Espinho, Lourinhã, Mira, Monchique, Murtosa, Ourém, Peniche, Porto de Mós, São Brás de Alportel and Soure), as well as the absence of pledges by CDU (PCP-PEV coalition). Until the eve of the elections, the campaign will continue to accept pledges via email and update the map (accessible at autarquiaslivresdepetroleo.pt.) accordingly.

The organizations involved in the campaign pledged to continue the struggle against fossil fuel projects in Portugal until all the contracts are cancelled and the country enters into a just energy transition away from fossil fuels.

Advertisements

2018: furo de petróleo em Peniche – João Camargo

Campanha Nacional Apresenta Posições das Candidaturas sobre Petróleo e Gás

Este Sábado, dia 23 de setembro, a campanha Autarquias Livres de Petróleo e Gás vai apresentar o mapa final com as posições das candidaturas em 58 municípios afetados e ameaçados pelas concessões para prospeção e exploração de petróleo e gás.cartaz_lancamento_draft5

A campanha, lançada no passado junho, juntou quase 20 organizações da sociedade civil para “tirar o assunto a limpo”, pedindo uma tomada de posição clara e sem ambiguidade a todas as candidaturas. As organizações contactaram as candidaturas e pediram um compromisso escrito contra a prospeção e exploração de petróleo e gás no seu município. As respostas rececionadas foram registadas num mapa, que está disponível no site da campanha.

Nesta sessão serão apresentados os resultados finais da campanha.

As organizações envolvidas nesta campanha, nomeadamente Alentejo Litoral pelo Ambiente, ASMAA, A Nossa Terra, Climáximo, Coletivo Clima, GAIA, GEOTA, Hidrosfera, Marinha Grande Livre de Petróleo, Não ao Fracking Aljezur, Peniche Livre de Petróleo, Plataforma Algarve Livre de Petróleo, Porto sem OGM, SCIAENA, Stop Fracking Vila do Bispo, Tamera, Tavira em Transição e Zero convidam tod@s a estarem presentes na apresentação do mapa final, que terá lugar este Sábado às 16h00 no Hostel Allmar, junto à igreja matriz, em Sines.

Para mais informação: http://autarquiaslivresdepetroleo.pt

Autarquias Livre de Petróleo e Gás: campanha lançada

Dezenas de organizações locais e nacionais que têm estado envolvidas no combate às concessões de prospeção e exploração de petróleo e gás em território nacional lançaram no dia 22 de junho a Campanha “Autarquias Livres de Petróleo e Gás”. A cerimónia de lançamento da campanha contou com a presença de vários candidatos a presidente de Câmara de diferentes regiões do país.

Depois de anos em que dezenas de organizações estiveram envolvidas no combate às concessões para a exploração de petróleo e gás em quase todo o litoral do país, a realização das eleições autárquicas será um novo momento chave para o futuro destas concessões. A campanha “Autarquias Livres de Petróleo e Gás” irá, durante o período pré-eleitoral, abordar todas as candidaturas de mais de 50 municípios afetados pelas concessões pelo seu posicionamento geográfico, e construirá um mapa nacional, informando os eleitores do posicionamento de cada uma das candidaturas no seu município.

Autarquias Livres de Petróleo e Gás from Climaximo on Vimeo.

No lançamento da campanha estiveram presentes candidatos à presidência da Câmara de Lisboa, Inês Sousa Real, à presidência da Câmara Municipal de Sines, José Ferreira Costa e à Câmara Municipal de Pombal, Gonçalo Pessa.

#tiraralimpo

Mais informação: http://autarquiaslivresdepetroleo.pt/
https://www.facebook.com/tiraralimpo/