Quem manda nesta democracia?

Em Bruxelas, um bairro de poucos quilómetros quadrados acomoda as instituições centrais da União Europeia (UE) — este bairro é também a capital europeia de lobbies. Em Bruxelas, lobbying — atividades para moldar decisões políticas de acordo com interesses privados — é já, e por si só, uma indústria milionária. … Hoje, estima-se que mais de 25.000 “lobistas” trabalhem em Bruxelas, a grande parte em favor das grandes multinacionais e associações empresariais. E esta é um actividade rentável, mexendo pelo menos com 1.5 mil milhões de euros por ano. (Para ler o resto da crónica da Margarida Silva da Corporate Europe Observatory na P3: Bruxelas, a capital europeia dos “lobbies”)eu

Nos dia 7-9 de Dezembro de 2017, o Climáximo co-organizou uma série de eventos com a Corporate Europe Observatory (CEO) e a Plataforma Não aos Tratados TTIP / CETA / TISA.

Na conversa “Quem manda nesta democracia?” no dia 7, falaram Lora Verheeke e Margarida Silva, ambas do CEO, expondo a maneira como a União Europeia (UE) funciona desde Bruxelas. Conversou-se sobre a maneira como o TTIP e CETA estão a ser negociados, a influência das grandes empresas e organizações de lobby na produção de legislação na UE, a falta de transparência dentro das instituições europeias e as portas giratórias que representantes das instituições europeias cruzam entre os cargos públicos e as grande empresas privadas. (Ouve aqui o episódio de É Apenas Fumaça, em que conversaram com a Lora, a Margarida e também com o João Vasco: Na Rua – Quem manda nesta democracia?) (Para ler o relato do dia: Debate “Quem manda nesta Democracia”)

No dia 9 de Dezembro, teve lugar a formação participativa sobre como investigar os lóbis das grandes empresas multinacionais, e o tipo de relações que estabelecem com os atores políticos. Foram apresentadas excelentes ferramentas de pesquisa, as quais permitem identificar conflitos de interesse e outras informações potencialmente relevantes para qualquer associação ou movimento que defronte estes poderosos interesses privados. (O relato do dia com as notas da formação, aqui.)

Poster for public event II-page001

Advertisements

Quem Manda Nesta Democracia?

Aqui podes encontrar o resumo destes eventos.

Sessão pública: Quem manda nesta democracia? Empresas? Governo? Ambos? Ou são a mesma coisa?

7 de dezembro (quinta-feira), 21h, Mob (Rua dos Anjos 12F, Lisboa)

Quais são as razões pela captura do poder político pelo poder económico, e como é que isto leva ao mau funcionamento das instituições políticas? Desde das portas giratórias e o conflitos de interesse dos representantes políticos, ao poder excessivo das grandes empresas ao nível europeu, descobre qual é o impacto do lobbying sobre a democracia e o que podemos fazer em Portugal e na Europa.

Com a participação da Corporate Europe Observatory:

  • Lora Verheeke, especialista nos acordos de comércio livre
  • Margarida Silva, especialista em lóbis e transparência

Formação participativa: Como investigar a captura do poder político

9 de dezembro (sábado), 11h00-17h00, Mob (Rua dos Anjos 12F, Lisboa)

Como investigar os lóbis das empresas e o impacto que têm sobre a política na União Europeia? Formação prática de ferramentas simples de investigação.

A participação na formação é sujeita a inscrição online prévia e os lugares são limitados. Depois desta inscrição inicial, vamos contactar-te para confirmar. (inscrições fechadas)