Curso Intensivo #6: Movimento climático no mundo e em Portugal

Na última sessão do Curso Intensivo, discutimos sobre

  • assuntos ligados ao movimento climático, como combustíveis fósseis (petróleo, carvão, gás natural), gasodutos e oleodutos, transportes públicos, aviação, agropecuária, desflorestação e energia nuclear;climate-justice-jobs
  • grupos, organizações e campanhas no mundo e na Europa;
  • grupos, organizações e campanhas em Portugal;
  • possíveis próximos passos para as lutas em Portugal.

Alguns links das organizações e campanhas em Portugal (para alem do Climáximo, como óbvio ^_^ ) :

Também queríamos partilhar a rede Climate Justice Action, onde podem encontrar vários grupos de base na Europa.

O worksheet que usamos no exercício, está aqui.

Finalmente, queríamos anunciar que no dia 20 de janeiro (sábado), às 17h00, faremos uma reunião introdutória do Climáximo para quem quiser envolver-se na luta pela justiça climática.

Advertisements

Curso Intensivo #5: Movimentos Sociais e Estratégias

Nesta sessão do Curso Intensivo em Ativismo Climático, falámos sobre

  • vários tipos de açãoFlood-Wall-Street-Polar-Bear-and-Planeteers-A-Jones-CC-ND-Flickr-800x531
  • teorias de mudança
  • escalamento do conflito
  • estratégias dos vários movimentos sociais

Aqui ficam alguns sites em que se fala sobre estes assuntos:

  • Empowering Nonviolence, baseado num manual preparado por War Resisters’ International
  • O filme Desobediencia da 350.org
  • Hope in the Dark: Untold Histories, Wild Possibilities, por Rebecca Solnit
  • From Dictatorship to Democracy (Da Ditadura à Democracia), por Gene Sharp
  • Center for Theory of Change, num contexto em que o conceito não está limitado nos movimentos sociais
  • E finalmente, o discurso da Anjali Appadurai na COP-17 Durban

Curso Intensivo #4: Democracia Energética e Transição Justa

Nesta sessão do Curso Intensivo em Ativismo Climático, discutimos sobre

  • democracia
  • transição justa
  • propostas políticas para uma transição energética
  • democracia energética
  • a campanha Empregos para o Clima

Os vídeos que mostramos no início da sessão foram:

Os modelos climáticos compatíveis com um planeta habitável, produzidos no Climate Equity Reference Calculator, são:

Mundo – emissões devem ser reduzidas por 43% até 2030 (cenário 2ºC)
Portugal deve reduzir as suas emissões por 50-60% até 2030 (cenário 2ºC)
Portugal deve reduzir as suas emissões 60-70% até 2030 (cenário 1.5ºC)

Sobre a urgência de ação e como isto pode ser empoderador:

Finalmente mostramos este vídeo da rede Trade Unions for Energy Democracy:

Os livretes da campanha Empregos para o Clima são disponíveis online no site da campanha http://www.empregos-clima.pt .

 

Curso Intensivo em Ativismo Climático #3: Soluções falsas vs. soluções verdadeiras

Nesta sessão, discutimossolutions

  • o impacto do estilo de vida de cada um nas alterações climáticas
  • soluções tecnológicas (techno-fix) para a crise climática
  • soluções falsas para a crise climática
  • soluções verdadeiras para a crise climática

Partilhámos estes textos:

As apresentações da sessão:

Mais fontes interessantes sobre soluções falsas:

Esclarecimentos sobre o Curso Intensivo

– Houve algumas dúvidas sobre o funcionamento do curso (e sobre como o Climáximo visa organizar eventos deste género). O processo na sua integridade é assim:

  • preenches o formulário de contacto e escolhes as sessões em que queres participar;
  • uma semana antes da cada sessão, recebes por email um formulário de confirmação;
  • preenchendo este formulário, dás-nos uma ideia de quantas pessoas vão estar presentes e qual é o nível de conhecimento dos participantes;
  • olhando aos formulários, reestruturamos o conteúdo e o formato da cada sessão, ou seja fazes parte da preparação;
  • nas sessões, usamos ferramentas participativas porque o nosso objetivo não é criar meros especialistas do clima mas formar ativistas climátic@s*;
  • @s facilitadorxs estão a usar moderação progressiva;
  • em cada sessão, propomos um percurso para te envolveres em ativismo climático;
  • partilhamos todas as apresentações no nosso site.

Os nossos principais meios de comunicação são o nosso site e por email. Vais descobrindo que tentamos usar ferramentas alternativas online. As redes sociais às vezes não nos deixam organizar a informação da melhor forma. (E, já agora: Facebook não é o teu amigo, és a mercadoria do Facebook.* 😉 )

– Descobrimos que precisamos dum espaço maior para o Curso. Improvisando, estamos a marcar sítios diferentes para cada sessão. (Isto deve estabilizar brevemente.) Mas o Facebook não nos permite mudar o local do evento. Por isso, fica atento aos teus emails, em que explicamos todas as informações sobre a sessão.

– O Curso não é certificado.

Os donativos não são obrigatórios mas são necessários. 😉 O GAIA é uma associação que tem um centro social em Alfama, que implica vários custos fixos. O Climáximo é um coletivo auto-financiado e estamos a preparar várias ações. Não vemos os donativos como pagamento de um serviço, são realmente donativos para movimentos da justiça ambiental.

Curso Intensivo em Ativismo Climático #1: Ciência Climática

Nesta primeira sessão, discutimos sobre

  • o que é o climaconsensus gap
  • alterações climáticas históricas e naturais
  • alterações climáticas antropogênicas
  • combustíveis fósseis
  • emissões de gases com efeito de estufa
  • mecanismos de realimentação positiva
  • limites planetários
  • consenso cientifico sobre o aquecimento global
  • Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima e Conferências das Partes (COP)
  • Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas

Podes encontrar aqui o documento distribuído na sessão: Curso Intensivo 1 handouts

Para saber mais, algumas fontes interessantes são:

A próxima sessão, sobre justiça climática, é no dia 22 de novembro. Até já!