Ciclone – Ciclo de cinema climático

Exibição do filme Disruption, seguido de momento de discussão e reflexão sobre Alterações Climáticas.

Dia 9 de março às 21.00 no Centro Comercial STOP;
Dia 12 de março às 09:15 na Escola Secundária Gaia Nascente;
Dia 14 de março às 21:00 na Faculdade de Belas Artes.

Climáximo Porto

Eventos no Facebook, aqui.

Synopsis

‘When it comes to climate change, why do we do so little when we know so much?’

Through a relentless investigation to find the answer, Disruption takes an unflinching look at the devastating consequences of our inaction.

The exploration lays bare the terrifying science, the shattered political process, the unrelenting industry special interests and the civic stasis that have brought us to this social, moral and ecological crossroads.The film also takes us behind-the-scenes of the efforts to organize the largest climate rally in the history of the planet during the UN world climate summit.

This is the story of our unique moment in history. We are living through an age of tipping points and rapid social and planetary change. We’re the first generation to feel the impacts of climate disruption, and the last generation that can do something about it. The film enlarges the issue beyond climate impacts and makes a compelling call for bold action that is strong enough to tip the balance to build a clean energy future.

Filme e debate: O Plano (2018)

Dia 25 de janeiro, 21h00, Sirigaita (Rua dos Anjos 12F, Intendente, Lisboa)

Projeção de filme, com presença do realizador Steve Sprung.

the plan poster

Sinopse: Há 40 anos, um grupo de engenheiros qualificados enfrentavam a crise, austeridade e ameaça de encerramento da fábrica onde trabalhavam. Responderam com um plano radical, desenhando vários produtos socialmente úteis, sustentáveis e pró-ambientais em alternativa ao armamento militar que a fábrica produzia. Este filme atreve-se a perguntar como poderia ser hoje em dia a nossa vida, se o Plano dos trabalhadores da Lucas não tivesse sido obstruído.

O filme “O Plano” conta a história da luta dos trabalhadores da Lucas que produziram um plano de transição e auto-gestão para a fábrica em que trabalhavam: um plano que visaria a alteração da produção de componentes de aviões para turbinas eólicas, questionando a forma em que o trabalho estava organizado e para que servia esta produção.logo_epc_azul-on-background

Hoje, com a crise climática, nós também precisamos dum plano nosso para uma transição energética justa. Depois do filme (versão curta de duração 30 minutos), vamos discutir que políticas seriam necessários em Portugal para evitarmos o caos climático.

O PLANO: Filme e debate no Doclisboa

PLACARD

No próximo dia 27 de outubro (sábado) pelas 14h15 na Culturgest, o filme O PLANO (THE PLAN) de Steve Sprung será projetado no Doclisboa, seguido de um debate.

SINOPSE: Há 40 anos, um grupo de engenheiros qualificados enfrentavam a crise, austeridade e ameaça de encerramento da fábrica onde trabalhavam. Responderam com um plano radical, desenhando vários produtos socialmente úteis, sustentáveis e pró-ambientais em alternativa ao armamento militar que a fábrica produzia. Este filme atreve-se a perguntar como poderia ser hoje em dia a nossa vida, se o Plano dos trabalhadores da Lucas não tivesse sido travado.

Podemos ser inspirados pelos trabalhadores da Lucas, pela sua visão e imaginação. Por favor apoiem este filme, vejam-no, promovam-no e discutam-no. Se queremos transformar a sociedade, este seria um bom início.” Ken Loach, realizador e ativista

O filme tem duas partes, com um intervalo de 15 minutos. Mais informação e o trailer do filme estão disponíveis no site do Doclisboa: https://www.doclisboa.org/2018/filmes/the-plan/

Na história inteira de 150 anos do movimento sindical, a nossa causa tem sido a de melhorar as condições do trabalho. Mas houve alturas em que fomos mais longe, desafiámos a própria natureza e o objetivo do nosso trabalho. O Plano de Lucas foi criado numa altura destas. O plano promete a esperança de que a produção pode ser transformada para criar um mundo mais justo e mais verde.” Frances O’Grady, Secretária-Geral do Congresso dos Sindicatos (Trades Union Congress)

Depois do filme, haverá um painel de intervenções com os seguintes oradores:

  • Steve Sprung, realizador do filme
  • Phil Asquith, ex-trabalhador da fábrica Lucas
  • Ana Mourão, ativista do Climáximo
  • José Pacheco Pereira, historiador e comentador político
  • Sofia Vaz, engenheira ambiental

Esperamos ver-vos nesta sessão.

Tric-a-thon – Vem tricotar contra os furos!

Programa :
16h – Conhecer a Campanha Linha Vermelha e conhecer o Climáximo – Alterações climáticas e activismo climático
17h – Tric a Thon – Tricotar contra os furos (Quem não souber tricotar ou “crochetar” pode aprender)
20h – Pausa para comer e trocar ideias
20h40 – Vídeos sobre o assunto e conversa

~~

Felizmente existem pessoas na Terra que gostam de sonhar. Outras que são loucas. Outras que juntam isto tudo e ainda metem mãos à obra. Algumas destas pessoas são a Campanha Linha Vermelha. Eles querem tricotar 52Km para parar os contratos que existem neste momento para furar a nossa a costa para procurar petróleo e gás. E precisam da vossa ajuda!

Sim, é que existem nove contratos neste momento de grandes corporações, nacionais e internacionais, que esperam aumentar os seus lucros. Ouvimos também dizer que esperam ainda encontrar a Atlântida. E o D. Sebastião.

~~

A “Linha Vermelha” é uma campanha nacional desenvolvida pela Academia Cidadã | Citizenship Academy e pelo Climáximo para informar os portugueses para os perigos da exploração petrolífera e de gás no território português, assim como para as alterações climáticas. A “Linha Vermelha” quer mobilizar os portugueses para exigirem ao Governo português o cancelamento imediato destas concessões.

A campanha está a decorrer desde início de 2017 e estamos neste momento a receber linhas vermelhas de todo o país, que representam os limites dum planeta justo e habitável, como por exemplo os 2ºC de aquecimento ou os novos furos. Queremos juntar famílias, idosos, artistas, pessoal do DYI, hipsters, crianças, cães e gatos. Queremos gente do norte, do centro, do interior e das ilhas.

Vamos estar nos BASE dos Engenheiros do Acaso em Lisboa a tricotar, tecer, fazer crochet, num COUNTDOWN crucial contra a calamidade ambiental. Vamos tricotar, ensiná-lo também, ver uns filmes e ainda debater a transição para um futuro mais sustentável!

Mais informação sobre o evento na Agenda pelo Clima.

 

Filme: Lube Job – How Louisiana Got Screwed

“Lube Job – How Louisiana Got Screwed” é um filme norte-americano que retrata as alterações no Louisiana depois do início da exploração de petróleo.

A Sciaena e o Climáximo, membros da Plataforma Algarve Livre de Petróleo – PALP, organizam na semana anterior à Marcha pela Justiça Climática, a exibição deste documentário seguido de debate.

Convidamos todos os cidadãos, interessados e curiosos – ativistas ou não – a virem debater um assunto tão atual e importante para o desenvolvimento energético sustentável do país.

Vamos também discutir alternativas sustentáveis à exploração petrolífera e contamos com a presença de todos!

Sessão cinematográfica e debate: Desobediência sobre o clima

30 de novembro de 2016, 18h30, Sala 1, CES-Coimbra

Resumo

Vamos assistir ao filme Disobedience e a outras curtas-metragens que mostram ações em todos os continentes contra o poder, as desigualdades e a poluição da indústria dos combustíveis fósseis e da urgência de discussão das alternativas para um futuro limpo.

Comentário: Sinan Eden (Climáximo)

Organização: Oficina Ecologia e Sociedade (CES)

cartaz-desobediencia-sobre-o-clima_web

Falemos de furos – Documentário Petróleo no DocLisboa

Dia 26 de outubro, às 21h30
Cinema São Jorge, Lisboa
DocLisboa

defesa-do-mar

[Atenção que existe um erro na programação oficial, o filme e o debate não serão no dia 24 nem 25 de Outubro, mas sim no dia 26]

Em total displicência para com o iminente esgotamento de recursos naturais finitos, Portugal é vítima de perfuração para prospecção de petróleo que, existindo, será monopolizado e mercantilizado por grandes grupos económicos. Um olhar sobre a situação portuguesa e uma reflexão consciente das reais consequências climatéricas deste encaminhamento, a partir de formas de organização social que prevejam a utilização de recursos alternativos e almejem além das imposições legalistas.

Sessão seguida de debate com a presença de João Camargo (Climáximo), Sónia Balacó (Peniche Livre de Petróleo) e Ângela Rosa (Tavira em Transição), moderado por Miguel Ribeiro e Ana Pereira

Falemos de Furos – Portugal e o Petróleo
João Camargo
2016 | Portugal | 8’

Disobedience
Kelly Nyks
2016 | EUA / USA | 41’

RSVP o evento na Agenda pelo Clima:
https://actionnetwork.org/events/filme-no-doclisboa-falemos-de-furos

Alguns fotos da sessão:

img_3786

img_3785

img_3783

img_3782

img_3781

Acampamento Anti-Fóssil: Programa

programa

Aqui ficam algumas das apresentações e filmes do Acampamento Anti-Fóssil.

Apresentações:
Filmes e vídeos:
Notícias sobre o Cordão Humano

CineClima

ciclocinema smaller

 

O Climáximo propõe que vejamos juntos alguns dos mais recentes filmes sobre justiça climática! Eis o programa proposto:

  • Dia 25 de maio (quarta-feira), às 21h00
    @ GAIA (Rua da Regueira 40, Alfama)
    Under the Dome
  • Dia 7 de junho (terça-feira), às 21h30
    @ Mob (Rua dos Anjos, 12F, Anjos):
    Gasland
  • Dia 8 de junho (quarta-feira), às 21h00
    @ GAIA (Rua da Regueira 40, Alfama):
    Disobedience + BreakFree
  • Dia 17 de junho (sexta-feira), às 21h30
    @ Casa da Achada (Rua da Achada, 11, R/C):
    Blind Spot
  • Dia 21 de junho (terça-feira), às 21h30
    @ Café Tati (Rua da Ribeira Nova, 36):
    Blockadia Rising
  • Dia 28 de junho (terça-feira), às 21h30
    @ Damas (Rua da Voz do Operário, 60, Graça):
    Gasland 2

Aviso: os filmes são em inglês sem legendas. Em breve tentaremos encontrar legendas disponíveis. Apareçam!

O evento no Facebook, aqui.

ENGLISH:

Climáximo proposes to watch together some of the recent movies on climate justice. See the program above.

Unfortunately, the movies do not have Portuguese subtitles. We are trying to arrange subtitles in other languages.

The event on Facebook, here.